quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Amanhecer
















Amanhecer
O dia vem surgindo além dos vales e montanhas
Com seus tons de rosa alaranjado
Os pássaros deixam seus ninhos numa revoada
Colorindo a verde da mata
Posso vê-los e ouvi-los
Mais adiante...
Sobre a relva ainda orvalhada
Saltitando por sobre as flores em busca de alimento
Um levanta voo e vai posar solitário sobre um galho
Abrindo suas penas para receber o sol
Que solidário vai ficando mais forte
E a brisa fresca da manhã vem me saudar
Lembrando que o dia já começou e que faço parte dele
 E o canto dos pássaros me diz que é tempo
De tentar ser feliz...
Darcy Bilherbeck

11/11/66

Meu Deus









MEU DEUS...
Ajuda-me a dizer a palavra da verdade na cara dos fortes e a não mentir para obter o aplauso dos débeis.
Se me dás dinheiro, não tomes a minha felicidade
 e se me dás força, não tires o meu raciocínio.
Se me dás êxito, não me tires a humildade.
Se me dás humildade, não me tires a minha dignidade.
Ajuda-me a conhecer a outra face da realidade
 e não me deixes acusares meus adversários,
 apontando-os de traidores, porque não partilham o critério.
Ensina-me a amar os outros como eu amo a mim mesmo
 a julgar-me como julgo os outros.
Não me deixes embriagar com o êxito, quando o consigo,
 nem a desesperar, se fracasso.
Sobretudo, faz-me sempre recordar que o fracasso é a prova que antecede o êxito.
Ensina-me que a tolerância é o mais alto grau da força
 e que o desejo de vingança é a primeira manifestação da debilidade.
Se me despojas do dinheiro, deixa-me a esperança
 e se me despojas do êxito, deixa-me a força de vontade para poder vencer o fracasso.
Se me despojas do dom da saúde deixa-me a graça da fé.
Se eu causar dano a alguém, dá-me a força da desculpa,
E se alguém me causa dano, dá-me a força do perdão e da clemência.
Meu Deus...
Se eu me esquecer de Ti,
Tu não Te esqueças de mim
Amém
MAHATMA GANDHI

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

A Chuva

                                           















Quando a tua lembrança bate á porta
E como a tempestade rompendo as comportas como águas represadas
Que se transformam em lágrimas
Caudalosas como um vendaval 
Jogando-me contra o meu passado
De luz, de sol
De amor sublime como claridade das manhãs...
Hoje sem as alegrias reais
Ficou o turbilhão de dias sem cor e sem sons,
Vivo a vida de cada dia
Saio pela chuva descalça
Na ânsia de ter a alma lavada
 E o coração acalentado...
Já não sinto a solidão, ela adormeceu
Outra vez.
Só a chuva forte e os trovões e esta real certeza de que sou feita de saudades
Então olho para o alto e suplico o socorro que vem do alto
Pois só sendo assim consigo prosseguir nesta jornada de dias sombrios
Onde minha alma sedenta de luz espera...



Darcy Bilherbeck

       SP,22/01/14








sábado, 6 de dezembro de 2014

A Beira do Caminho





















Já não calo a dor dos caminhos
Por onde se perderam os meus passos
Meus olhos cansados sentem a escuridão
Que se aproxima lenta e progressiva
Pudera eu tirar dos ombros cansados o fardo da longa jornada...

Descansar a beira do caminho
Deixar cair por entre a pedra à dor e as desilusões, deixar as lágrimas cair
Em meio à relva orvalhada da manhã,

Se outra vez aqui passar
Talvez encontre flores brancas
A enfeitar o verde da campina
Por onde outrora passei.

E se as lembranças acordarem as 
Saudades
Direi teu nome ao vento
Na esperança de um dia te encontre
E faça um sorriso nos teus lábios aflorar

E quem sabe assim
Deixe teu nome ao lado do meu...


Darcy Bilherbeck


22/01/14

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Um Tempo




















  Um Tempo

Trilhas de folhas caídas
Pelo outono vencido,
Acolhem meus pensamentos...
 Todos os atalhos
Sem as delicias de outrora,
Onde sigo a passos lentos

Ilusões, folhas caídas,
Chances válidas perdidas,
Apelos no tempo esquecido...
A lembrança andarilha
Vão se perdendo pelas trilhas
Da inevitável saudade!
Se diluindo em gotas pelo
Caminho onde persigo
Sonhos...
No outono que se finda.  

                         Darcy Bilherbeck

                                             04/11/89.

















quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

*** Regresso ***




















Quando eu chegar
Do Tempo...
Quero um porto seguro
Onde possa atracar
Minha nau
Carregada de sonhos
Que fui compondo além
Das estradas
 peregrina sou
Portos! Cada chegada, cada partida
Amealhei de tudo um pouco
Sonhos vulneráveis, em almas empobrecidas
De amor...
 Efêmeros momentos, nada mais
De tantos outros cheios de luz e cor
Promessas há! Quantas sem nenhum valor
Outros...  Cheios de fantasias
Carregados de projetos e planos
Quero um porto onde eu possa
Chegar e esvaziar, malas e espalhar
Os sonhos pelo ar e recomeçar...

   Darcy Bilherbeck

                São Paulo, 14/07/2004.

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Mulher (AnelizePagotto )



















Mulher é pássaro singelo
          Que corta o céu da realidade,
Abrindo as asas e mergulhando no infinito,
Buscando seus sonhos, sem jamais ter medo
          De quebrar as asas... Mulher é coragem

Porque trabalha, se esforça, enfrenta!
É a que sustenta e preenche a alma vazia de todo o ser
Que é banhado pelos seus olhos.

          É ela que espalha e planta a sementinha
Da esperança nos corações arenosos e infiéis dos homens
Egoístas e duros.
É pacientemente rega essas sementes com afeto,
Lágrimas e... Sangue.

              Mulher é varão forte que defende e cria,
Que luta e que vive!
É também o amor na forma humana,
A delicadeza e a pureza.

              A mulher espera... E gera não somente filhos,
Não somente amores, não somente saudades,

Mas também a mais pura felicidade.

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Torrente























A minha mente é como a torrente
 De águas represadas,
 Que sufocada
Se cala... E espera
Que o tempo passe
Que os dias se percam
Na nebulosa noite sem fim
Há! Esta tendência de ficar
Com os sentimentos em suspense
Esperando...
Que este turbilhão de sentimentos
Se acalmem e quem sabe
Se diluem em gotas pela face
De um novo dia.

          Darcy Blherbeck


           SP, 02/12/14















sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Quando as lembranças chegam

                             

























As Lembranças Chegam

A solidão se aninha em meu peito...
Como um carinhoso abraço,
Hoje sei que fazes parte de mim
Como o dia, como o sol, como o ar, como a chuva
As lágrimas que hoje banham o meu rosto
Nada mais é do que as lembranças que se
Aninha e se aquieta em um canto qualquer
Como a saudades que não tem hora marcada
 Para acordar o passado
Assim é a solidão se instalando
nos espaços indefinidos, do meu ser
a reconheço e a deixo ficar
e tudo já é nada, apenas calma e vazio...

Um lugar onde posso despojar dos ombros cansados
esta busca absurda de dias passados
Deixar de ao lado as minhas defesas
Dar tempo a mente cansada e ao coração aflito
A solidão hoje é meu lugar secreto
Refugio seguro
Onde poso me despir de toda dor
De todo medo
De todo os temores
Um lugar onde ninguém tem acesso
Restrito e limitado a uma só pessoa...

Darcy Bilherbeck


 Guarulhos, 11/12/92





















quarta-feira, 26 de novembro de 2014

O Desconhecido



                                                                                                       
                                 O 


















Desconhecido

Você que eu não vi chegar
Veio de algum
Olhou nos meus olhos e como quem nada quer...
Deixou amor em mim
Descobriu em mim alguém desconhecido 
Viu em mim o que ninguém viu
Ensinou-me a amar a vida
Mostrou-me caminhos nunca antes trilhado...
Ensinou-me a rir de pequenas coisas
Que antes me faziam chorar
Ensinou-me amar!
Sem restrições, sem me sentir culpada pela forma de amar
Mostrou-me, o sol e as manhãs orvalhadas do inverno,
 Na primavera me ensinou a beleza da transformação,
 o dia em noite, a lua em sol, a chuva, as flores.
Disse-me que a dor e alegria fazem parte da vida,
 Que não devia temê-las, que vivenciá-las é parte de um todo.
 “Que eu deveria abrir os olhos da alma e ter olhos de
” VER " e "OUVIDOS DE OUVIR".

Que a palavra machuca, mas também ensina,
 e sendo palavra deveria de tomar cuidado com ela,
 Pois já levantou e derrubou a muitos.
Que eu deveria amar incondicionalmente,
 Pois que sendo humana,
Também precisaria desse mesmo amor,
 pela vida afora.

                Darcy Bilherbeck.

                            26/11/14


terça-feira, 25 de novembro de 2014

É Proibido ( Pablo Neruda)

   























        É proibido
 chorar sem aprender,
levantar-se um dia sem saber o que fazer
Ter medo de suas lembranças.

         É proibido
 rir dos problemas
não lutar pelo que se quer.
Abandonar tudo por medo

Não transformar sonhos em realidade.
          É proibido
não demonstrar amor.
Fazer com que alguém pague por suas dúvidas e mau humor.
           É proibido
deixar os amigos

Não tentar compreender o que viveram juntos.
Chama-los somente quando necessita deles.
          É proibido
Não ser você mesmo diante das pessoas,
Fingir que eles não se importam.

Ser gentil só para que se lembrem de você,
esquecer aqueles que gostam de você.

           É proibido
não fazer coisas por si mesmo,
não crer em Deus e fazer o seu destino.

Ter medo da vida e de seus compromissos.
Não viver cada dia como se fosse seu último suspiro.

          É proibido
Sentir saudades de alguém sem se alegrar

Esquecer seus olhos, seu sorriso,, só porque seus caminhos se desencontraram
Esquecer o seu passado e paga-lo com seu presente.

       
         É proibido
Não tentar compreender as pessoas
pensar que as vidas deles valem mais que a sua.

Não saber que cada um tem seu caminho e sua sorte.
          É proibido
Não criar sua história,
Deixar de dar graças a Deus por sua vida.

Não ter um momento para quem necessita de você
Não compreender que o que a vida te dá também te tira

           É proibido
Não buscar a felicidade.

Não viver a sua vida com uma atitude positiva.
Não pensar que podemos ser melhores
Não sentir que sem você este mundo não seria igual.

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

No Frio das Ruas

                                     























O frio das ruas me traz saudades
Minha mente divaga numa ânsia incontida de sair
Sem destino aparente
Apenas sair... Entregar-me ao desconhecido
Pergunto a minha alma, onde estas
O que foi feito de nos dois
E por mais que busque não encontro respostas
Para este vazio...
Meus passos não me levam a lugar algum
 O vazio se estende pela noite afora.
Esta angustia é deprimente
Até quando...
Já faz tanto tempo...   Minha alma se perdeu de ti
Como dizer a minha alma que não vais voltar
Como aplacar a dor de estar só
Se o frio das ruas me fazem voltar ao passado
E sentir o ontem tão presente
Como se o tempo não houvesse passado...
Se soubesses como me fazes falta
Nunca terias ido...
 Sem me levar contigo.


Darcy Bilherbeck
    22/05/2013




















quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Porta Solidão

















Aberta a todos os oprimidos
aos sem justa causa 
àqueles que precisam de repouso
pode chegar a casa é sua
procure um canto, deixe suas tralhas
relaxe pois aqui...
cada um chegue de onde chegar
será sempre recebido com silencio
absoluto e ar puro.
se quiser pode abrir janelas
para além mar, para a noite escura
ou para o sol radiante.
Mas o silencio esse é absoluto
necessário.
Fique o quanto quiser, o quanto for preciso, nada é cobrado
só não faça nada ou desfaça da bagagem, largue-a onde quiser
ela estará no mesmo lugar se quiser te-la de volta, quando partir leve-a ou deixe-a como preferir
Aqui cada um chega e vai quando e como quiser você faz,
suas escolhas
volte,quando achar necessário a porta estará sempre aberta
para os que desejam de alguma forma acalmar as turbulências
que ela a vida te presenteia todos os dias e você não dá espaço,
pra que ela tire o peso dos dias cansativos e te  de trégua
A solidão não é tristeza, não é destrutiva
A solidão é a forma de você estar em você mesmo
é tão real e necessária como abrir os olhos a cada vez que se dorme
A solidão é uma porta que só você tem a chave
sem lugar definido
não tem cor, não tem cheiro,não tem som, não tem surpresa é apenas vazio, limpo
pode ser no pico mais alto da montanha,
no verde das campinas,no regato da mata escura
no clarão do dia,no escuro das madrugadas,
numa noite de chuva, no manto das estrelas.
Só tem uma exigência
LEVE DEUS consigo Ele é a força que te fará
sair dela confiante e seguro de que tudo podes
SE NELE CONFIAR

Bilherbeck

São Paulo 16/04/14









Sem olhar para trás




















A sabedoria de um homem
não está em não errar
e não passar por sentimentos
mas no destino que ele dá aos seus erros e sofrimentos

Não tropeçamos em grandes
montanhas
mas nas pequenas pedras que permeiam nossa estrada
O passado é uma cortina de vidro
e nada podemos fazer
ou mudar
felizes os que observam o passado
e constroem uma ponte segura
para caminhar em frente
com a promessa da confiança em Deus.

                 Darcy Bilherbeck.

11/07/2000

Coisa que sinto sobre sentimento hoje

























Pra que serve o amor
se ele não pode ser correspondido
Para que existem certos sentimentos?
       
       Se eles nada mais são
       do que voz solitária
Que ecoa em um grande salão vazio.
  Ando tentando aprender
Como preencher o salão dos meus sentimentos
ou como arrancar  certos sentimentos de mim,
Mas todas as vezes que pareço conseguir
uma presença
sinto que ela nada mais é que minha própria sombra
E todas as vezes que tento arrancar os sentimentos
          Que me parecem em vão
           Um pedaço de mim sangra
           fico com uma ferida aberta,
           uma cicatriz formada.
Tem coisas que venho descobrindo
           Que são inenarráveis
                    mas pelo mal que me fazem
                    fico tentando descobrir
Por que teima em habitar dentro de mim?

                         Bil H. Strega


terça-feira, 18 de novembro de 2014

O melhor Possível



Se você não pode ser um pinheiro no topo da colina

Seja um arbusto no vale
Mas seja o melhor arbusto à margem do regato.
Seja um ramo se não puder ser tronco...
Se não pode ser arvore, seja um pouco de relva...
E dê alegria aos que passam no caminho...
Se não puder ser  almíscar, seja então uma tília;
Mas a tília mais viva do lago!
Não podemos ser todos capitães; temos de ser
tripulação.
Há algum lugar para todos nós aqui.
Há grandes obras e outras pequenas a realizar...
Sempre há uma tarefa que devemos empreender.
Se não puder ser uma estrada real, seja uma vereda.
Se não puder ser o sol,seja uma pequena estrela...
Não é pelo tamanho que se ganha ou que se perde...
Seja o melhor possível,
aquilo que você quer que seja!

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Palavras












Recolhendo Palavras
A cada pagina lida recolho palavras
Deixadas ao vento das emoções
Percorro sem querer labirintos de sentimentos
Envolto em lágrimas em 
faces descoradas
Vislumbro seres airados como nuvens
 E percorro caminhos não andados
Por onde quer que olhe
Se tenho os olhos marejados de palavras não ditas
Pois se acumularam nas minhas veias
Formando estradas que vai a lugar nenhum
Se um dia chegarem aos meus lábios
Talvez quem sabe se desfarão como os sonhos
Que se alimentam de fragmentos
Pois que busco palavras incoerentes
Que só na minha loucura
Fazem sentido do sentir que se foi na ânsia de ser, palavras.

Darcy Bilherbeck
 Guarulhos,09/09/14


quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Renasceme



















Doem-me os ossos, e a alma… o pensamento
Que importa! Quem se importa com moribundos?!
Procuro o isolamento de mim mesma, a escravatura da alma, o sofrimento
E porque escrevo?
À folha de papel incomodam as minhas palavras rudes e sem sentido
Há qualquer coisa fora de mim, um passado, um presente, um futuro
Tempos que nunca foram, em tempo algum
Porque não existiram, nem em memória

Sou tão insignificante para as pessoas como elas passarão a ser para mim
Porque elas próprias não sabem o quão insignificantes são, nem eu...

Apetece-me sair, para lado nenhum…
Ontem acreditei, hoje desesperei
Não sei se tenho tempo, entre este dia e o fim de mim

Deus! Tateia a minha alma e escreve-me de novo…!
Recupera os meus sentires, os meus sonhos
Mas deixa-me a dor… sem ela não chegaria a Ti
Retira a vontade própria aos homens,
Faz entendê-los da Tua eternidade e da sua finitude
Venda-os para que não proliferem o olhar concupiscente
E faz-lhe sentir que as ruas estreitas são os caminhos certos
Ainda que dolorosos
Segreda-lhes que o alarido está longe de Ti
Por isso, nunca os ouvirás
Procuro-Te Senhor, humildemente
E no meu silêncio venero-Te
Acredito que vestes os prados de verde esperança
Para que possamos sentir deleite num novo amanhecer
E beber da Tua glória, todos os dias da nossa existência
Renasce-me luz! 

Sustenta-me na Tua grandeza
Permite, já sem tempo nem espaço,
Que o meu corpo jaza em Paz.

Cecília Vilas Boas

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Se Um Dia...



















Se um dia...
 você acordar e a vida te oferecer obstáculos
que te parecem intransponíveis
 e tudo o que fizer der errado
Pare... siga o exemplo das árvores
que se dobram com a força do vento
até quase tocar o chão.
Mas passado o vendaval se ergue,
balança seus finos galhos...
Pronto a recomeçar.
sejam quais forem os teus problemas
não temas, creia na força do Deus Altíssimo,
 que permite os vendavais
para que paremos,
 e ao olhar  os problemas, possamos enxergar a grandeza de Deus
em nossas vidas e confiando Nele.
Ter a certeza que venceremos qualquer batalha
 se tivermos Deus ao nosso lado.
Tudo se torna pequeno e transponível .
 Ele é a ponte que nos conduz  a vitória.

Guarulhos 03/11/14

Darcy Bilherbeck

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Ter Fé


.



















Ter fé é
"A C E I T A R" os desígnios de Deus ainda que não os entendamos,
ainda que não nos agrade.
      Se tivéssemos a capacidade de ver
o fim desde o principio tal como Ele vê,
 então poderíamos compreender
          porque as vezes nossa vida
 é conduzida por caminhos estranhos e contrários
 a nossa razão e aos nossos desejos.
Ter fé é
Dar
quando não temos, quando nós mesmo necessitamos
A
 sempre encontra  algo valioso
         onde aparentemente não existe,
 pode fazer que brilhe o tesouro
        da generosidade em meio a pobreza e ao desamparo,
 enchendo de gratidão ao que recebe e ao que dá.
Ter fé é
CRER
quando é mais fácil ficar na dúvida.
        Se a chama da confiança
 em algo melhor se extingue em nós
       então não há outro  meio que
 não nos entregarmos ao desanimo.
       A crença em nossas bondades,possibilidades e talentos,
 tanto como em nossos semelhantes,
       é a energia que move a vida fazendo
 grandes vencedores.

Desconheço o Autor

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

























Quero a lucidez dos dias simples,
 o toque do vento no meu rosto
Vou para onde ele me levar,
 em qualquer dia simples
É no colo dos dias simples que me embalo,
 choro e sorrio
Mas também vivo nos dias de frio,
 por vezes frio excessivo
Aceito-os porque sei que os dias simples voltarão
Espero-os sempre, num ou noutro dia
Lembro à minha mente
 o desejo de sentir a quietude que a vida me prometeu
E nesses momentos fico em mim,
 sossegadamente
À espera dos dias simples.

Cecilia Vilas Boas.


sábado, 11 de outubro de 2014



















Um dia a gente aprende
que nada é meu, ou seu,
ou nosso.
Tudo é emprestado...
A única certeza
que se tem, é que um
Um dia
mais cedo ou mais tarde,
a vida vem e nos
toma tudo de volta
então faça com que sua vida venha valer a pena.
ame ou deixe de amar
nunca esqueça do seu Criador...
somos pó e a ele voltaremos
é a única certeza que temos.

 Darcy Bilherbeck



11/10/14

terça-feira, 7 de outubro de 2014

Revelação



















Revelação...
O eirado do céu revela-O
Prezo o conforto da luz que me ilumina
Abro o coração e sinto o abandono do corpo e da mente
Sigo a chama que me seduz
A paz que me envolve
Ergo as mãos e oro

Espero serenamente o sussurro dos ventos
A tranquilidade das águas remansadas
As palavras que nunca escrevi...

Já é hora
As folhas dos plátanos caem sobre a terra
Os pássaros de asas brancas sobrevoam o silêncio
Dou-me
Sei que Ele conhece o caminho...


Cecília Vilas Boas
Há dias que sinto o aroma das coisas simples
Talvez por que me interesso, nesses dias, por coisas simples
Há dias que nada sinto
Há dias que tudo é simples e os pássaros cantam

 a aragem dos mesmos dias, simples

Nesses dias, tudo me lembra o amor
Um pássaro, um raio de sol, um rasgo de azul que pinta o céu
Consigo saborear a aragem do mar, sinto-a na pele,

 cheiro-a e adivinho os desenhos dos corais


   Cecilia Vilas Boas

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Ter Fé

























Ter fé e GUIAR a nossa vida não com os olhos,
mas sim com o coração.
       A razão necessita de muitas
evidências para
arriscar se, o coração
necessita só de um raio
de esperança.
As coisas mais belas e grandes
que a vida nos dá não se
podem ver, nem sequer
tocar, só se podem
acariciar com o espirito.
 Desconheço o Autor.

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Abrir espaço para outros acontecimentos





















Na hora da saudade, da tristeza, do desamparo,
É com ele que contamos: o tempo
Queremos dormir e acordar dez anos depois curados
daquela ideia fixa que se instalou  no peito, aquela obsessão
por alguém que já partiu de nossas vidas.
No entanto, tudo o que nos invadiu
com intensidade,
tudo o que foi realmente verdadeiro e vivenciado profundamente não passa. Fica.
Acomoda-se dentro da gente
e de vez em quando cutuca, se mexe,
nos faz lembrar da sua existência.
O grande segredo é não se estressar com este inquilino incômodo,
deixa-lo em paz no quartinho dos fundos
e abrir espaço na casa para novos acontecimentos"

Martha Medeiros



sábado, 20 de setembro de 2014

Cecila Vilas Boas

.


























Emoção cultiva emoção, a nossa, a do outro
O amor combate a cólera e a podridão do que é perverso
Ópio das almas negras e sombrias

Anseio as águas límpidas do discernimento
Rasgo as veias que purificam o sangue
Definho-me na dor aguda de ser
Por querer ser gente

E o que é ser gente?!
Nesta condição de ser ínfima...

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

E você Aprende que Amar



















E você aprende que amar não significa segurança
Aprende a construir todas as suas estradas no hoje.
             Porque o terreno do amanhã é incerto
demais para os planos,
             E o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.
E aprende que,não importa o quanto você se importe,
             Algumas pessoas simplesmente não se importam...
E aceita que não se importa quão boa seja uma pessoa,
              Ela vai feri-lo de vez em quando
E você precisa perdoa-la por isso.
              Aprende que falar pode curar dores emocionais.
Descobre que se leva anos para construir uma confiança.
              E apenas segundos para destruí-la.
Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer
               Mesmo a longas distancias.
E que importa não é o que você tem na vida.
               Mas quem você tem na vida.
Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida
               São tomadas de você muito depressa...
Por isso sempre devemos deixar as pessoas que amamos
               Com palavras amorosas;

Pode ser a última vez que a vejamos
              Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado
por alguém...
Algumas vezes você tem de aprender a perdoar a si mesmo.
              E você aprende que realmente pode suportar...
Que realmente é forte,
              E que pode ir muito mais longe
Depois de pensar que não se pode mais.
              E que realmente a vida tem valor e
"Que você tem valor diante da vida."

           Willian Shakespeare

terça-feira, 16 de setembro de 2014



















E a tempestade rodopia, e transforma tudo,
Atravessa a floresta e o tempo
E tudo parece sem idade:
A paisagem, como um verso do saltério,

É pujança, ardor, eternidade.

         Rainer Maria Rilke